Comentários sobre as respostas da Edge question deste ano

Como todas as pessoas que eu respeito sabem, a EDGE anualmente inventa uma questão e convida todas as pessoas realmente fodas da ciência e tecnologia etc… para responder.

Algumas até respondem!

Esse ano a questão é

What game-changing scientific ideas and developments do you expect to live to see?

Queria que as pessoas comentassem (e recomendassem) nos comments as respostas que acharam mais interessantes de seus científicos favoritos.

5 opiniões sobre “Comentários sobre as respostas da Edge question deste ano”

  1. O dawkins mandou bem, já li uns 7 e esse foi o mais interessante, ele discute a possibilidade de hibridização, transgenia, ou chimeras de humanos e chimpanzés como algo que seria muito peculiar e mudaria tudo. Eu concordo, e tenho que concordar que também sinto um frisson de prazer ao pensar nessa remota possibilidade se tornando realidade
    http://www.edge.org/q2009/q09_16.html#dawkins

    Como sempre, aos 85 anos de idade, as idéias do Freeman Dyson são como as de um garotinho, olha que genial:
    A single microwave transmitter inside a brain has enough bandwidth to transmit to the outside the activity of a million neurons. A system of 10^5 tiny transmitters inside a brain with 10^5 receivers outside could observe in detail the activity of an entire human brain with 10^11 neurons. A system of 10^5 transmitters outside with 10^5 receivers inside could control in detail the activity of 10^11 neurons. The microwave signals could be encoded so that each of the 10^11 neurons would be identified by the code of the signal that it transmits or receives.

    These physical tools would make possible the practice of “Radiotelepathy”, the direct communication of feelings and thoughts from brain to brain. The ancient myth of telepathy, induced by occult and spooky action-at-a-distance, would be replaced by a prosaic kind of telepathy induced by physical tools. To make radiotelepathy possible, we have only to invent two new technologies, first the direct conversion of neural signals into radio signals and vice versa, and second the placement of microscopic radio transmitters and receivers within the tissue of a living brain. I do not have any idea of the way these inventions will be achieved, but I expect them to emerge from the rapid progress of neurology before the twenty-first century is over.

    Eu adoraria ver um radio-telépato desse tipo…

  2. JUAN ENRIQUEZ

    Os Teds desse cara em geral não tem nada a ver um com o outro, nenhum tem nada a ver com esse texto aqui embaixo e todos tem em comum o fato de que pontuam as mudanças mais importantes para se fazer (ou que foram feitas) em termos de tecnologia no mundo que eu leio. Sempre as dele batem todas as outras, e eu nem sei no que raios ele é formado. Os teds dele são irritantes, ele dá a entender que é possível passar a vida resolvendo os principais problemas do mundo, one at a time sem precisar se especializar em nada. GRrrrrr

    Labs in Japan and Wisconsin rebooted skin cells and turned them into stem cells. We are now closer to a point where any cell in our body can be rebooted back to its original factory settings (pluripotent stem cell) and can rebuild any part of our body. At the same time, a Harvard team stripped a mouse heart of all its cells, leaving only cartilage. The cartilage was covered in mouse stem cells, which self organized into a beating heart. A Wake Forest group was regrowing human bladders and implanting them into accident and cancer victims. By year end, a European team had taken a trachea from a dead donor, taken the cells off, and then covered the sinew with bone marrow cells taken from a patient dying of tuberculosis. These cells self organized and regrew a fully functional trachea which was implanted into the patient.

  3. É interessante pontuar que bastante gente, não só o Aubrey de Grey e o Nick Bostrom, está começando a falar do “fim da morte” no sentido de paralização do processo de envelhecimento. O Marcelo Gleiser, por exemplo, coloca essa como sua questão principal. Como um dos pioneiros do transhumanismo no brasil, e desse tipo de pensamento, fico feliz em ver que as pessoas estão gradualmente tornando seus interesses para aquela que considero a questão mais importante da história da humanidade.

    Contei pelos títulos 6 Pessoas cujo Breakthrough principal é a imortalidade, ou a vida eterna, ou o download de si mesmo eterno, enfim, viver para sempre.

    E Staggering, impressionantes 17 pessoas que escreveram sobre a modificação da mente humana através de tecnologia, seja a singularidade, ou apenas cérebros melhors, homo sapiens 2.0, etc….

    Como eu disse anteriormente It has begun

    No mais, olha que interessante o que esse sujeito tem a dizer (Brian Goodwin):
    Biologists will realise that all life, from bacteria to humans, involves a creative process that is grounded in natural languages as the foundation of their capacity for self-generation and continuous adaptive transformation. The complexity of the molecular networks regulating gene activity in organisms reveals a structure and a dynamic that has the self-similar characteristics and long-range order of languages. The coherent form of an organism emerges during its development as the embodied meaning of the historical genetic text, created through the process of resolving ambiguity and multiple possibilities of form into appropriate functional order that reflects sensitivity to context. Such use of language in all its manifestations in the arts and the sciences is the essence of cultural creativity.

    Até agora, acho que o melhor que eu vi, no sentido de me por pra pensar e me deixar curioso foi esse
    http://www.edge.org/q2009/q09_7.html#norretranders

  4. Essa idéia de telepatia do Freeman Dyson parece um plágio da idéia que eu tive uns meses atrás, e que mostrei num texto ao João: https://docs.google.com/View?docID=dggcc82r_22czncj2hs&revision=_latest&hgd=1

    Plágios e mais plágios…

    Não creio que a forma de telepatia sugerida por Dyson daria muito certo… Acho que ela seria viável apenas para organismos altamente modificados. Possivelmente até o transmissor poderia ser feito organicamente, e codificado no DNA do organismo. Ou então em organismos produzidos e com cérebros híbridos entre processamento paralelo e serial, com a parte serial e inconsciente tomando conta desse processo.

    A minha resposta à questão é o transhumanismo, que deve ser a mesma que a do Dawkins, e que seria de longe a mudança mais significativa. Não vou escolher as respostas preferidas de outros cientistas pq não me importo com as respostas deles, só com as minhas! Bwhahaha

    Acho que a imortalidade é uma boa para competir com o transhumanismo, e é parte do transhumanismo, mas isoladamente ela perde para o aumento de inteligência, pois pessoas que vivem sem limite muda muito menos o mundo do que inteligência superior. Inteligência superior por si pode criar a imortalidade, mas a imortalidade por si pouco aumenta a chance de criação de inteligência superior: no máximo aumenta o conhecimento dos pobres macaquinhos burros que nós somos.

  5. Uma coisa que eu espero ver é um reconhecimento de voz melhor que este:

    Este Post é a prova cabal de que a tecnologia de reconhecimento de voz em português já se desenvolveu um com bom tanto o ponto. No entanto como se pode ver pelo final da frase interior os pela palavra “anterior “. Esta tecnologia ainda não está muito desenvolvido o, a questão que não quer calar é: será possível fazer um trabalho da faculdade de apenas de tentando o senado que o programa não reconhecer apto a palavra de tango. A fase anterior era: apenas ditando o a pagar ou será que o programa não reconhece a palavra “ditando”. Aqui em que pintava com. Aquele que tentar utilizar o via voice há de ter coragem, pois não há brincadeira falar. “ponto” “apagar aquilo” o tempo todo. Estou até ficando sem gols originou gosto corrigir pegou os originou gosto shows sem gols. Estou até ficando sem avós com o ponto. Sem voz ou o ponto. Final de um final.. Sem voz. Em isto é testas que selecionar a pagar selecionados os oito craques para a missão para este ano é próxima mim próxima
    da 18 caracteres para a esquerda e
    estar no testar número: 1.000.402 1.000.412 3540 e o 3548 227.000 essa centros dos 227.712 6.000.008
    as primeiras casa de pi São as fotos: 3,14 15 é a nossa é raspa eu não sei quais eu não sei o resto.

    Pode não parecer, mais devo ter demorado mais de meia hora para aprender e a escrever este maravilhoso e tão bem escrito circunstancial e único para apagar aquilo. Apagar aquilo..

    CIRCUNSTANCIAL I ÚNICO PARÁGRAFO!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s